domingo, 28 de setembro de 2008

"...A lua não é um satélite... é um buraco no céu..."

Olho buraco

Negro no branco

Buraco negro

No rosto


Acaba com tudo

Mesmo sem tocar

Mesmo sem falar

Mesmo sem olhar




*"...Ainda assim, tenho a sensação de que, se eu a beijar, meus lábios grudarão como se estivessem tocando em metal congelado. Para retardar as coisas, penso em carcinomas celulares basais. Imagino o impetigo causado pela infecção bacteriana na pele. Úlceras corneanas..."




*Choke, Chuck Palahniuk

Nenhum comentário: