quinta-feira, 25 de setembro de 2008


Prenda a respiração e fique bem quieto. Não se mexa. Equilíbrio. Tente não estragar mais nada.

Por favor...

Segure os batimentos, seu peito tremendo, mexendo, fique quieto.

Tente ouvir pela porta. Não exista.

As pessoas só fazem coisas legais por amor próprio, para serem legais para elas mesmas.

- Oh, como sou bom e puro, eu amo meus amigos...

Se você ficar quieto ninguém vai conseguir ouvir seus pensamentos. Olhe para outro lugar. Vá para outro lugar.

Depois de cada surra, de cada tapa, você aprende que é mal. Eles dizem, desde sempre, este é o seu papel no mundo. Você é ruim, seus irmãos são legais. Aprenda e fique aí.

Destrua tudo, destrua e acabe com a vida de todo mundo.

As pessoas são legais para si mesmas, tem pena de si mesmas, se sentem más por elas mesmas.

Apenas para elas.

Você sabe que é um maldito desgraçado, fodido, mentido metido. Você não presta. Filho da puta.

Maldito comedor de maçãs.

Você é mal para eles se sentirem bem. Você só tem que sorrir. Sorria o tempo todo, seja o ópio das culpas.

Sorria, e tudo vai estar bem.

Nenhum comentário: