quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Mudando para melhor.


Você tem mais ou menos nove anos, está no mercado com sua mãe comprado o jantar, quando de repente, avista aquele super jogo novo, radical, legal e colorido.

Você fica louco, pula em volta do carrinho, faz uma voz doce e chorosa para tentar convencer sua mãe. Faz promessas. Se ajoelha e pede por favor repetidas vezes, com toda a habilidade e talento que a vida lhe conferiu.

Então, sua mãe comovida, porém ainda um pouco desconfiada, lhe diz:

- Se eu comprar o jogo, você promete dobrar seu uniforme?

E você, confiante que sim, querendo acreditar naquilo e realmente acreditando que você o fará, responde sinceramente:

- Sim mãe! Eu prometo!

E mesmo querendo muito que fosse verdade, mesmo querendo muito dobrar o uniforme, você sabe que isso não vai acontecer.

- Ta bom! Ponha no carrinho, mas olhe, lembre-se de cumprir sua promessa.

-Uhu! Brigado mãe, eu juro que vou cumprir.

E sua mãe, feliz em ver sua alegria, acredita e quer acreditar, ela realmente quer acreditar que você vai dobrar o uniforme... Sua cria tão bonita e pura...

Mas você não vai. E ela também sabe disso.

E você não dobra. E ninguém lembra disso.

Ela vai te xingar por não dobrar o uniforme, vai te dar uma surra, mas não vai lembrar da promessa. Nem você.

E você nunca vai dobrar o uniforme, porque isso é para idiotas que cumprem as promessas que fazem às suas mães. E que lembram delas ainda por cima.

As pessoas nunca dobram o uniforme. Você conhece elas, e sabe disso. Elas não mudam, só falam em dinâmicas de grupo, e ainda por cima o que leram em algum folheto, ou o que aprenderam em algum seriado americano que passa depois do almoço, engraçado e cheio de comoventes lições de vida.

Mesmo assim, ninguém vai dobrar o uniforme.

Você nunca vai dobrar seu uniforme.

Nunca.



- ... Talvez o pequeno príncipe dobrasse...

- ... O pequeno príncipe não existe. E ele não é uma pessoa...


- ... São hastes ...


*Originalmente postado em 09 de Agosto de 2006, em www.naomesquecerderespirar.blogspot.com. Mais precisamente NESTE LINK

12 comentários:

Anônimo disse...

mto legal a sua ideia! bjos

Just like honey disse...

gosto bastante desse =p

Bruno Francesco disse...

Belo texto! Crianças e suas pirraças rs e mãe é sempre mãe!

Tallys Ween disse...

Muito legal, adorei.
Me acompanha no blog, tô te acompanhando.

Magridt Londrina/Brazil disse...

passando para um oi e uma visitinha.
Muito legal o Post, um beijinho!

http://atraiumeuolhar.blogspot.com

Laah Cristina disse...

"fazer o que deve é para os fracos"

E eu sei que eles existem, todos eles, os personagens de livros, histórias e contos. São fantasmas, demonios, espiritos, santos anjos, mas existem, sempre estarão lá.
(não é acreditar em mentiras, é simplesmente ir de encontro ao que aceitam como verdade)

Te seguindo... como um daquele fantasmas... dá uma passada no meu blog...

Eduardo o/ disse...

putz

sensacional seu texto

muito bom mesmo

gamei nele

se puder passa la

http://oarlecrim.blogspot.com/

Jean Coelho disse...

seu texto tem uma mensagem bem original! gostei mesmo! eu te dei um selo "vale a pena ficar de olho nesse blog". tá lá no meu blog!
vlw!

marília disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
marília disse...

É né andressa, mãe é sempre mãe,
AAAAAANNNDDDRRREEESSSAAAAAAA
SUA BOSTINHAAAA!!

mas ponha de novo o do ratinho também

Anônimo disse...

Eu sempre cumpro minhas promessas, e nunca precisei ganhar brinquedo pra ser essa pessoa desse jeito e coisa e tal. Vc q tem essa visão distorcida pq é fã do diabo.


Caralho! Tem Titãs cantando É Preciso saber viver no seu blog! Passe creolina logo de uma vez senmão eles vão se espalhar pra outras músicas e logo o Johnny Thunders vai tá tocando pandeiro nos seus vídeos!

Andressa m disse...

ah Paulo, mas isso se deve ao fato de você ser de Libra. Libra é o signo das mães, logo vc fica todo bravo e enraiveido com essas atitudes contra os bons costumes.