segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Simples, o de sempre.


Cansa toda essa coisa inútil

De esperar e ter preguiça
De não chegar a lugar nenhum
De planejar alguma coisa amorfa
De fingir não saber de nada
De levantar e se mexer
De pensar, de pretender

De dramas estúpidos, gente leite com pêra
De ouvir baboseira
De fingir que isso presta pra alguma coisa
De achar que talvez exista alguma coisa

De ficar doente

De ficar doente
De tomar remédios
De não poder sentir frio
De não poder encher a cara

De encher a cara
De estomago revirando

De sentir peles e cheiros, calor...
De cabelos molhados e catarro no pulmão

Encoste em mim, e eu... não encoste em mim.

De ouvir sobre essa merda de gestão

De respirar.
De respirar...

Admita velho careca, você não sabe de nada.

2 comentários:

Anônimo disse...

Pois é, esse negócio do Arruda tá deixando mta gente indignada no país inteiro.

marília disse...

INTERNET AGAIN.