terça-feira, 22 de junho de 2010

Despacho

Só precisava de uma coisa pra descontar toda sua raiva.

Uma coisa que pudesse ser marretada, destruída e queimada.

Só precisava de uma coisa que pudesse receber toda sua dor.

Costas, cabeça, estômago, garganta e ouvido.

Só precisava de uma coisa que em troca lhe desse toda a atenção.

Centro do mundo, seu umbigo.

Só precisava de uma coisa que recebesse todos os pecados do mundo.


Um ralo para onde escorresse tudo


todo o sangue e toda glória

agora e para sempre

amém.

4 comentários:

Anônimo disse...

Recebesse. E nada impede q sejam duas, três ou oito coisas...

Corbeaux disse...

Pecados Originais são os mais perfeitos ^^

chico bento true rocer disse...

Quando eu penso nessa dicotomia toda a escuridão do mundo invade o meu escalímetro incongruência desamor or or alegria oi oi alegria oi oi lenço ypióca queimadura adicione duas xícaras de farinha mancha calçada sarjeta posto a propósito sofá queimado cachorro lambendo o vômito etc etc etc na matrix.

thays disse...

só precisava ler
"chico bento true ROCER"
AMEEEEEIIIIIIIIIIIMMMMMMMM