quarta-feira, 9 de março de 2011

tentar dormir

A água sempre sobe. Ela sempre está por cima. Os rios e o mar sempre alagam. Ondas gigantes sempre aparecem para alagar e destruir tudo. A água bate forte embaixo e violentamente quebra os vidros por cima.

A onda sempre vem devagar. Ela marca aquele tempo que você ainda existe. Antes do seu pulmão ser encharcado.

A onda vindo devagar faz seu coração quase explodir. Já vem devagar pra explodir tudo. Devagar para torturar pela espera da morte.

Se você morrer no sonho, pode morrer de verdade? Você consegue acordar antes de morrer? Se você morrer, não acorda mais...

Anos e anos sonhando com isso. E parece não haver saída. Apenas esperar que a água não alcance a janela.

Um comentário:

Anônimo disse...

Cagar é coisa boa
mas também é coisa imunda
pois a bosta bate na água
e a água espirra na bunda.